Por que você deve ter um home theater inteligente?

Saiba como escolher o melhor som de cinema para sua casa e conheça todas as vantagens de ter um home theater inteligente com automação residencial
Por que você deve ter um home theater inteligente?
Kosten-haus , 01/06/2021

Ter um cinema em casa é o sonho de consumo de muitos. Afinal, nada como aquela experiência de ver um filme ao lado da família ou dos amigos ou mesmo relaxar curtindo uma boa história após um dia de trabalho intenso.

De fato, experiência é a palavra-chave quando falamos de cinema – e ela é trazida por um sistema de home theater residencial de qualidade. 

Especialmente se for um home theater personalizado com automação. Além do som de qualidade feito exclusivamente para o seu gosto e para a planta da sua casa, você pode controlar os equipamentos de áudio e vídeo de forma rápida, prática e conveniente com um só clique ou comando de voz.

Saiba o que é home theater inteligente e confira nossas dicas para transformar seu espaço em um verdadeiro cinema em casa e usar a automação residencial para tornar essa experiência ainda mais incrível:

 

O que é home theater inteligente?

O home theater é um sistema capaz de trazer a qualidade do cinema para dentro de sua casa através de uma configuração de som composta por caixas adequadas e posicionadas nos lugares certos do ambiente, fazendo com que o áudio venha de todas as direções.

Isso é muito diferente de simplesmente assistir algo em uma TV; por melhor que ela seja, emite o som de apenas uma direção.

Ao procurar um home theater para sua casa, algumas pessoas acabam confundindo este produto com o soundbar, um aparelho de som cujo objetivo é melhorar a capacidade de áudio da TV.

Enquanto existem soundbars relativamente complexos, essas opções compactas são geralmente mais limitadas e inferiores ao home theater.

A ideia do home não é aumentar qualidade do som da TV, e sim oferecer uma experiência sonora muito mais completa, permitindo que você compreenda falas e conversas com mais facilidade e ouça detalhes que normalmente não conseguiria com um soundbar ou uma TV.

Se quiser investir na melhor sensação possível, o home theater inteligente é a escolha ideal. Isso porque ele não é apenas um produto; é a combinação de diversos produtos e de automação residencial para implementar uma experiência única e personalizada, com o resultado mais confortável, prático e divertido possível.

Com um bom sistema de automação, todos os componentes que geram essa experiência podem ser integrados para facilitar o comando, desde equipamentos de som e imagem, como caixas acústicas, telas, projetores e decodificadores de TV por assinatura, até a iluminação e as cortinas.

E a melhor parte é que tudo isso pode ser acionado com um simples clique ou comando de voz, como “Alexa, iniciar filme”. É só deixar uma configuração especial para “cinema em casa” ao alcance de um botão ou comando.

Home theater inteligente: o que é e quanto custa

 

Como escolher um home theater

A pergunta não deveria ser tanto qual o melhor home-theater do mercado, e sim qual o melhor para sua casa e o espaço que você tem.

Por exemplo, a nomenclatura dos modelos, como 2.1, 5.1 ou 7.1, indicam a quantidade de alto-falantes (número à esquerda) e de subwoofers (número à direita).

No mercado brasileiro, home theaters 5.1– no caso, com cinco canais de áudio diferentes pelos quais frequências sonoras são distribuídas, além de um subwoofer - são relativamente comuns.

No entanto, dependendo do tamanho de sua sala – se ela for maior que 24m², por exemplo -, talvez um home theater 7.1 seja uma melhor escolha.

Existem equipamentos de até 12 canais e possibilidade de adicionar caixas extras, mas isso pode ser exagero, uma vez que é um produto bem mais caro, enquanto a maioria dos filmes não passa de 9 canais.

No geral, os principais critérios para se levar em conta na hora de escolher o melhor sistema de home theater são: espaço e design, potência, receiver, subwoofer, assistência técnica e cabeamento. 

 

Dicas essenciais

Considerando a área da sala, você pode calcular quantas caixas de som precisa e como distribuí-las de forma equilibrada – por exemplo, no caso do home 5.1, você precisa posicionar corretamente uma caixa central, duas caixas frontais e duas caixas surrounds.

Existe também uma opção conhecida como 5.1.2 ou 5.1.4, às vezes chamada de Dolby Atmos, que leva ainda duas ou quatro caixas posicionadas acima, para complementar a experiência – como ouvir com mais realismo um helicóptero sobrevoando sua cabeça ou uma chuva caindo no telhado.

Como você já deve ter reparado, é o posicionamento estratégico das caixas que permite a imersão, fazendo o som se propagar igualmente por todo o ambiente. Vale lembrar que existem até normas para distribuir as caixas no ângulo correto, o que é essencial para qualidade do som.

As caixas de som podem ser embutidas no teto ou nas paredes ou apoiadas em móveis. Para uma melhor aparência, o som embutido no gesso pode ser uma boa pedida. As caixas apoiadas proporcionam melhor experiência sonora, no entanto.

A potência do som é outro fator que depende do tamanho da sala. Para sons realmente potentes, vale apostar em aparelhos com 1.000W ou mais.

Existem diversas marcas no mercado e, no geral, as caixas acústicas importadas têm uma qualidade um pouco superior, como as da OriginAcoustics ou da Revel.

Se quiser um bom custo-benefício, pode investir em produtos da Yamaha, AAT ou Loud, as duas últimas nacionais.  

Já o receiver é a parte mais importante do home theater, uma vez que é ele quem distribui os sons entre as caixas. Um receiver de qualidade também permite que se utilize outros equipamentos ligados a ele, como videogames.

Algumas das marcas mais conhecidas do mercado são Yamaha, Denon e Onkyo, além de opções para quem está disposto a desembolsar mais por uma qualidade incrível, como Arcam.

Na hora de escolher um produto, é importante notar que nem todas as marcas possuem fornecimento regularizado no Brasil, como a Yamaha tem. A maioria dos receivers é vendido via importadores.

Isso, além de fazer muita diferença quanto à garantia e a facilidade da assistência técnica, é um grande ponto positivo por conta da compatibilidade com a rede elétrica brasileira, o que pode evitar problemas futuros.

O subwoofer é outra parte essencial dessa experiência. Esse equipamento é específico para frequências baixas, responsável por reproduzir um som mais grave.

Sem ele, diversas emissões não podem ser ouvidas e as músicas podem ficar mais sem graça.

As possibilidades de configuração são amplas, como 5.1, 5.2 ou 5.4, com um, dois ou quatro subwoofers.

Por fim, a quantidade de cabos, conectividade via Bluetooh e wi-fi e a facilidade de instalação dos modelos são coisas que devem ser levadas em conta.

Vale ainda observar que, enquanto o home theater é sobre o som, a experiência completa do cinema em casa passa também pelo vídeo, ou seja, pela escolha de um projetor ou uma tela.

O tamanho dessa tela dependerá novamente do espaço e do gosto do cliente, mas opções de 80 a 150 polegadas são boas pedidas, sempre em alta definição, é claro.

Uma dica extra é que, enquanto é possível (e na maioria das vezes desejável) comprar as peças separadas, é interessante que as caixas de som sejam do mesmo fabricante, para manter uma entonação (timbre).

Quer saber mais sobre como montar o home theater perfeito? Confira nosso guia para fazer o projeto de home theater ideal.

 

Vantagens de ter um home theater inteligente

O home theater inteligente possui diversas vantagens, a começar por se tratar de um projeto personalizado, sempre pensado de acordo com o espaço e a infraestrutura que você tem.

Todos os itens são personalizáveis conforme o gosto do cliente e o tamanho da sala, da potência a quantidade e qualidade das caixas de som até a iluminação e o design final do conjunto.

É importante mencionar que, apesar de muitos aparelhos funcionarem por bluetooth, os mais eficientes são cabeados.

É por esse motivo que a automação residencial é geralmente acompanhada de um bom projeto de cabeamento estruturado.

O resultado disso é que a internet pega bem na casa toda, inclusive na sala, o que é muito bom dada a quantidade de streamings existentes, como Netflix, Amazon Prime Video, Globoplay, Disney Plus e outros.

Além disso, o cabeamento estruturado tem uma grande vantagem estética, permitindo que os fios fiquem “escondidos” ao invés de espalhados por todos os cantos.

Esse é um planejamento que tornará toda a sua casa mais prática - o acesso à infraestrutura de cabos se torna centralizado e facilitado, de forma que não só nunca vai faltar um ponto de TV em um cômodo, como você não terá que quebrar nada no futuro para isso.

Com o home theater inteligente, a instalação é outra coisa que se torna uma solução ao invés de um problema.

Instalar um home theater exige cuidados e conhecimentos que não podem ser ignorados, especialmente no caso do home theater embutido, uma vez que embutir as caixas de som no gesso pode provocar trepidações e distorcer o som se a instalação for ruim.

É possível ter o equipamento embutido e manter o som original, se uma equipe especializada realizar o serviço.

A instalação dos cabos também exige bastante know-how e um serviço caprichoso.

Por fim, a integração feita pela automação residencial permite que você realize qualquer comando através do seu smartphone, de uma assistente pessoal como a Alexa ou de um controle universal.

Se há alguma desvantagem, é o fato de que esse tipo de projeto é melhor executado quando a casa ainda está na fase de construção, e não pronta. Caso contrário, uma pequena obra será necessária.

Inclusive, há benefícios extras de planejar um home theater com automação na fase de construção – você pode pensar em um design integrado com a arquitetura da casa com mais facilidade, por exemplo, além de economizar na parte elétrica se incluir um projeto de cabeamento estruturado.

Automação de home theater: o que é e quanto custa

 

Quanto custa a automação do home theater?

Se você busca um home theater de qualidade com automação, é melhor investir um pouco mais ao invés de se arriscar com os kits “in a box” vendidos pelas lojas.

Primeiro, porque eles nem sempre podem ser automatizados. E, depois, porque vale muito a pena ter um produto personalizado e instalado por uma equipe especializada. Essa é a melhor forma de garantir o resultado esperado.

Como o sistema de som é sempre um projeto exclusivo, os preços variam e existem opções para todos os bolsos - um home theater com caixas de som nacionais, por exemplo, pode sair cerca de R$ 15 a 20 mil, enquanto um produto com equipamentos importados e uma qualidade superior pode custar R$ 40 mil, aproximadamente.

O céu é o limite, é lógico – se você é um entusiasta do som, pode investir em sistemas high end a partir de R$ 100 mil.

Quer saber mais sobre home theater inteligente? Entre em contato conosco! Você pode tirar suas dúvidas, solicitar uma visita ao nosso show room e até pedir um orçamento para um projeto personalizado.
Home Theater

Comentários

Siga

Inscreva-se

Adicione seu e-mail aqui e receba as
novidades Kosten-haus em primeira mão.

Fale conosco

Preencha esse formulário e
em breve entraremos em contato

Formulário